16 de set de 2011

“Obsidian”, primeiro livro da saga Lux

   Recomeçar é um saco.
Quando nos mudamos para West Virginia, logo antes do meu último ano na escola, eu já tinha me conformado rapidamente com sotaques pesados, casinhas (privada externa), acesso à internet da pior qualidade, e muitas mais coisas tediosas. Até que espiei um vizinho gostoso, alto e de olhos verdes misteriosos. As coisas estavam melhorando. E, então, ele abriu a boca. Daemon é irritante. Arrogante. Merecia ser apunhalado. Nós não nos damos bem. De forma alguma! Mas quando um estranho me ataca e Daemon literalmente congela o tempo com um simples agitar da mão, bem, algo… inesperado acontece. O alien gostosão que mora na casa ao lado me marcou. É isso mesmo que você ouviu. Alien. Acontece que Daemon e sua irmã têm uma galáxia de inimigos querendo roubar as habilidades deles, e a marca que ele deixou em mim me iluminou como uma faixa de Las Vegas para os caras maus. A única maneira de eu sair viva disso é ficando perto de Daemon até que meu talismã alienígena desapareça. Se eu não matá-lo antes, quer dizer.

2 comentários:

Marcelo Lima disse...

Gente os modelos ta capa tão estranhos kkkk amei a sinopse !

Guta Bauer disse...

Concordo com o Marcelo, os modelos estão estranhíssimos na capa!

Beijocas,
Guta
Murphy's Library

Postar um comentário

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo