18 de ago de 2011

Jardim de Escuridão

     "Todo dom pode ser uma benção ou uma maldição..."
Para Lolla DeWitt, em seus últimos dias, o dom da clarividência, que sempre a acompanhara, serviria para guiar suas netas para seus próprios destinos através de três desejos. A cética Faith se tornou a primeira. Ela tinha o dom de compreender e sentir as flores. Sabia que cada uma tinha o seu significado, uma ligação com as pessoas, como premonições.
Porém, ao se tornar viúva, caiu em uma depressão profunda, perdendo completamente a vontade de viver, deixando de acreditar em magia. A princípio, ela não acreditava que um simples pedido poderia lhe trazer de volta a felicidade, mas, mesmo assim, atendeu ao último desejo de sua avó e levou um tipo de flor especial para seu túmulo. Lá, de uma maneira inusitada, conheceu Rowan Allers, cuja irmã gêmea foi brutalmente assassinada por um serial killer.
Sentindo uma estranha ligação, quase sobrenatural, com aquela história, Faith resolveu ajudar Rowan a descobrir toda a trama por trás daquele mistério, sem nem saber que suas vidas estavam mais ligadas do que ela mesmo imaginava. Uma ligação perigosa e talvez fatal.

0 comentários:

Postar um comentário

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo