18 de ago de 2011

Te amo, te odeio, sinto sua falta

Já se passaram 75 dias.
Amy está cansada do interesse súbito que seus pais desenvolveram por ela.
E ela está realmente cansada das pessoas perguntando por Julia.
Julia se foi, e ela não quer falar sobre isso.
Eles não entenderiam, de qualquer maneira.
Eles não entenderiam como é ter sua melhor amiga arrancada de você.
Eles não entenderiam como é saber que foi sua culpa.
O terapeuta de Amy acha que ajudaria se ela escrevesse um diário. Ao invés disso, Amy começa a escrever cartas para Julia.
Mas à medida que escreve as cartas, ela começa a perceber que o passado não foi tão perfeito como ela pensava — e que o presente merece uma chance também.


“Muito poucos escritores contam histórias de tirarem o fôlego, engraçadas, complicadas e verdadeiras como Elizabeth Scott e Te Amo Te Odeio Sinto Sua Falta é provavelmente um de seus melhores livros”. – Claudia Gray, autora de Evernight.
Primeiro Capítulo

0 comentários:

Postar um comentário

 
©Suzanne Woolcott sw3740 Tema diseñado por: compartidisimo